Tanto o transporte marítimo como os portos devem ser pensados, não como entidades separadas, mas como componentes interligados, como duas peças de uma engrenagem" Koji Sekimizu , Secretário-Geral da IMO

quinta-feira, 2 de Outubro de 2014

N/T "Chem Daisy"

© Copyright fotos: MM Bettencourt, Graciosa.
N/T "Chem Daisy", operado pela Transinsular, partindo do porto da Graciosa dia 26 de Setembro.

quarta-feira, 1 de Outubro de 2014

"Boudicca", na Horta by night

© Copyright fotos: Miguel Nóia, Faial.
Navio de cruzeiros, "BOUDICCA", da companhia FRED OLSEN Cruise Lines, atracado ontem no Terminal Marítimo do Porto da Horta. 
Nome: BOUDICCA,
IMO: 7218395.
Indicativo: C6VA3.
MMSI: 309964000.
Bandeira: Bahamas.
Porto de Registo: Nassau.
Matricula: 8001101.
Donos: Fred Olsen & Co.- Olso, Noruega.
Operadores: Fred Olsen Cruise Lines, Ltd.- Ipswich, Inglaterra, Reino Unido.
Class: Det Norske Veritas.
Ano de Construcao: 1973.
Estaleiro: Oy Wartsila Ab- Helsinquia, Finlandia. Casco#396.
Comprimento Fora a Fora: 206,96 metros.
Comprimento entre Perpendiculares: 169,73 metros.
Boca Maxima: 25,20 metros.
Pontal: 13,67 metros.
Calado: 7,55 metros.
Altura: 46,60 metros.
Arqueacao Bruta: 28,551 toneladas.
Arqueacao Liquida: 11,714 toneladas.
Porte Bruto: 5,956 toneladas.
Numero de Conves: 8.
Numero de Cabines: 437.
Numero de Camas: 900.
Numero de Tripulantes: 320.
Potencia Total de Maquinas Principais: 14,000 kw (19,036 hp), 750,00 rpm. 2 helices CP.
Numero de Maquinas Auxiliares: 6. 3X Caterpillar e 3X Wartsila.
Velocidade de Servico: 18,50 nos.
Potencia de Geradores Auxiliares: 6,740 kw.
Numero de Thrusters: 2.
Nomes Anteriores: Royal Viking Sky (1973-1991), Sunward (1991-1992), Birka Queen (1992), Sunward (1992-1993), Golden Princess (1993-1996), Superstar Capricorn (1996-1998), Hyundai Kumgang (1998-2001), Superstar Capricorn (2001-2004), e Grand Latino (2004-2005).

terça-feira, 30 de Setembro de 2014

Estreia do paquete, "BOUDICCA" na Praia da Vitória



 © Copyright fotos e texto: Cte. Rui Carvalho, Praia da Vitória.
Pesquisa de dados técnicos: Paulo Peixoto, Boston EUA
De todos os navios da companhia FRED OLSEN Cruise Lines só faltava o "BOUDICCA" visitar o porto da Praia da Vitória, fê-lo hoje em dia de nevoeiro e chuva forte, mas voltará a 11 de Novembro deste ano com melhor tempo por certo. Cá ficam as fotos possíveis do ponto de vista do cais.
Nome: BOUDICCA,
IMO: 7218395.
Indicativo: C6VA3.
MMSI: 309964000.
Bandeira: Bahamas.
Porto de Registo: Nassau.
Matricula: 8001101.
Donos: Fred Olsen & Co.- Olso, Noruega.
Operadores: Fred Olsen Cruise Lines, Ltd.- Ipswich, Inglaterra, Reino Unido.
Class: Det Norske Veritas.
Ano de Construcao: 1973.
Estaleiro: Oy Wartsila Ab- Helsinquia, Finlandia. Casco#396.
Comprimento Fora a Fora: 206,96 metros.
Comprimento entre Perpendiculares: 169,73 metros.
Boca Maxima: 25,20 metros.
Pontal: 13,67 metros.
Calado: 7,55 metros.
Altura: 46,60 metros.
Arqueacao Bruta: 28,551 toneladas.
Arqueacao Liquida: 11,714 toneladas.
Porte Bruto: 5,956 toneladas.
Numero de Conves: 8.
Numero de Cabines: 437.
Numero de Camas: 900.
Numero de Tripulantes: 320.
Potencia Total de Maquinas Principais: 14,000 kw (19,036 hp), 750,00 rpm. 2 helices CP.
Numero de Maquinas Auxiliares: 6. 3X Caterpillar e 3X Wartsila.
Velocidade de Servico: 18,50 nos.
Potencia de Geradores Auxiliares: 6,740 kw.
Numero de Thrusters: 2.
Nomes Anteriores: Royal Viking Sky (1973-1991), Sunward (1991-1992), Birka Queen (1992), Sunward (1992-1993), Golden Princess (1993-1996), Superstar Capricorn (1996-1998), Hyundai Kumgang (1998-2001), Superstar Capricorn (2001-2004), e Grand Latino (2004-2005).

"Atlântida", parte amanhã rumo à West Sea

O ferry, "Atlântida", tem a partida prevista do arsenal do Alfeite, até à West Sea, subconcessionária dos ENVC, onde foi construído, para as 2h30 de amanhã dia 1 de Outubro. Adquirido recentemente pela Mystic Cruises, empresa internacional do Grupo Douro Azul, por 8,7 milhões de euros aos ENVC,  será transformado para efectuar cruzeiros de luxo na Amazónia. Nesse sentido será dotado de 76 camarotes duplos, com capacidade para 156 passageiros e 100 tripulantes. A sua reconversão está avaliada em 6 milhões de euros, estando previsto começar a operar em 2016.
Espero que o navio e a sua nova empresa tenham o maior sucesso, e que termine definitivamente esta "novela" demasiado triste.
© Copyright imagem: Mystic Cruises.
Captura do programa Marinetraffic.

segunda-feira, 29 de Setembro de 2014

"Colombo Express" e "Maersk Tanjong", colidem no canal do Suez


"Colombo Express" e "Maersk Tanjong", colidiram hoje no canal do Suez - 
Pesquisa de dados técnicos: Paulo Peixoto, Boston, EUA

Nome: COLOMBO EXPRESS.
Tipo: Porta Contentores.
IMO: 9295244.
Bandeira: Alemanha.
Porto de Registo: Hamburgo.
Donos e Operadores: Hapag-Lloyd- Hamburgo, Alemanha.
Ano de Construcao: 2005.
Estaleiro: Hyundai Heavy Industries- Ulsan, Coreia do Sul. Casco#1595.
Comprimento Fora a Fora: 335,47 metros.
Boca Maxima: 42,87 metros.
Calado: 14,61 metros.
T.A.B.: 93,750 toneladas.
T.A..L: 37,699 toneladas.
Porte (DWT): 103,800 toneladas.
TEU: 8,749.
Numero de Tripulantes: 24.
Potencia de Maquina: 68,640 kW (93,323 hp).
Velocidade de Servico: 25,21 nos.

Nome: MAERSK TANJONG.
Tipo: Porta Contentores.
IMO: 9332511.
Bandeira: Singapura.
Porto de Registo: Singapura.
Operadores: Maersk A/S- Copenhaga, Dinamarca.
Ano de Construcao: 2007.
Estaleiro: Daewoo Shipbuilding & Marine- Geoje, Coreia do Sul. Casco#4117.
Comprimento Fora a Fora: 332,00 metros.
Boca Maxima: 43,30 metros.
Calado: 14,50 metros.
T.A.B.: 94,193 toneladas.
T.A.L.: 53,271 toneladas.
Porte (DWT): 107,266 toneladas.
TEU: 8,112.
Numero de Tripulantes: 28.
Potencia de Maquina: 61,776 kW (83,991 hp).
Velocidade de Servico: 24,80 nos.

Rescaldo da operação ferry 2014


© Copyright fotos: MM Bettencourt; Cte. Stefanos Papadopoulos.
Terminou ontem mais uma operação ferry da Atlânticoline, com a realização da viagem entre Santa Maria e S. Miguel, efectuada pelo ferry, "Express Santorini" . Do meu ponto de vista, analisando a operação no computo geral classifico-a como positiva, mesmo tendo em conta os contratempos verificados na última fase devido ás condições atmosféricas. 
Embora fique triste com qualquer cancelamento, a minha atenção e preocupação vai noutro sentido, ou seja, as bases futuras deste serviço público fundamental para o desenvolvimento sócio-económico da região. Nesse âmbito existe diversas questões a ponderar, desde,  se a operação irá evoluir de sazonal para anual, principalmente com a anunciada construção dos novos ferrys, se esta passará a  incluir sem reservas carga rodada inter-ilhas, se os ferrys farão parte de um novo sistema de transportes marítimos nos Açores, e qual a sua consequente relação com os armadores existentes? Enfim são assuntos de extraordinária importância que do meu humilde ponto de vista seria necessário, analisar, definir para bem do futuro de todos nós. 
Voltando à operação deste ano, esta foi a primeira operação  que  se iniciou com todas as rampas ro-ro operacionais, algo muitíssimo importante para a evolução do serviço e que não vi devidamente publicitado.
Os exemplos, deste ano são dados por vários sectores que fizeram dos ferrys uma "ponte" inter-ilhas. O primeiro exemplo foi-nos dado pelo, Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores e o Comando Operacional dos Açores que realizaram de 4 a 7 de junho o exercício AÇOR14, numa ação conjunta de resposta a uma eventual catástrofe natural que ocorra no arquipélago. Depois podemos passar pelo importantíssimo sector agrícola,  pelo não menos importante sector da construção civil, pelos sector dos serviços, sem esquecer obviamente o turismo etc. Os exemplos são claros!





sábado, 27 de Setembro de 2014

DIA MUNDIAL DO MAR 2014 | SETÚBAL





© Copyright fotos: Tiago Simões, Setúbal.
Fonte: Visite Setúbal.
 A APSS-Administração do Porto de Setúbal e Sesimbra, SA, e a Câmara Municipal de Setúbal, celebraram pela primeira vez em conjunto o, Dia Mundial do Mar, através de um programa de eventos na última semana. Esta iniciativa insere-se no trabalho que estas entidades tem vindo a desenvolver em conjunto para a dinamização do Turismo Náutico Em Setúbal.
O dia Mundial do Mar é promovido pela OMI, Organização Marítima Internacional, Agência das Nações Unidas que tem por tarefa desenvolver e manter os instrumentos de regulação para a actividade marítima internacional.
O programa de celebrações incluiu um Seminário sobre, "Cidades Portuárias e relação Porto-Cidade", a presença  simultânea em porto de 3 grandes veleiros nacionais abertos a visitas de escolas e público em geral, e também uma exposição de banda desenhada sobre temática marítimas e portuárias.
As imagens publicadas são da autoria de Tiago Simões, que generosamente nos leva nesta visita virtual ao Porto de Setúbal, Obrigado!









N/T "GAS RENOVATIO", renomeado de, "EPIC CAPRI"

© Copyright texto: Paulo Peixoto, Boston EUA
© Copyright foto: Sérgio Ferreira, Madeira.
O petroleiro LPG, "GAS RENOVATIO", parece que mudou de nome novamente. Já depois de ter os nomes "CHEMGAS MANGO" de 1997-2003 e "Cheviot" de 2003-2007, agora vai começar a navegar com o nome "EPIC CAPRI", mas vai continuar a operar com a bandeira de Malta. Com mudança de nome costuma vir mudança de donos. Ninguém sabe por quanto mais tempo é que vai fazer serviço em Portugal. Está quase sempre atracado no porto de Sines e vai estar novamente na Praia da Vitoria no dia 30 deste mês e em Ponta Delgada no dia seguinte.

sexta-feira, 26 de Setembro de 2014

Atlânticoline vai lançar novo concurso para a construção dos novos ferrys

 © Copyrigh imagem: Wartsila 
Montagem: MM Bettencourt.
Imagem meramente ilustrativa.
A Atlânticoline, efectuou hoje uma conferência de imprensa, com o objectivo de esclarecer as razões que levaram à anulação do concurso público internacional que visa a conceção e construção de dois navios ferry, destinados a operar nos Açores.

COMUNICADO DA ATLÂNTICOLINE
Em fevereiro de 2014 a Atlânticoline, S.A. lançou um Concurso Público Internacional para a ‘Conceção e Construção de Dois Navios Ro-Ro de Passageiros para a Região Autónoma dos Açores’, com capacidade para 650 passageiros e 150 viaturas. Após tramitação de diversas fases procedimentais, e depois da solicitação de pareceres e elaboração de relatórios de análises das propostas, o júri informou o Conselho de Administração da Atlânticoline que, as propostas recebidas não reuniram todas as exigências do caderno de encargos.Face a esta recomendação e ao cuidado que um processo desta dimensão significa para a Região Autónoma dos Açores, o Conselho de Administração da Atlânticoline, na melhor defesa dos interesses em causa, e após esgotadas todas as fases procedimentais previstas na lei, não pode tomar outra decisão que não seja a exclusão dos concorrentes e dar por encerrado este procedimento.
Face a este desfecho, foi também decidido pelo Conselho de Administração da Atlânticoline lançar, no prazo máximo de 1 mês, um novo concurso internacional com o mesmo objetivo – a construção de dois navios para assegurarem o transporte marítimo de passageiros e viaturas entre as ilhas dos Açores.
Os navios terão as mesmas características e preço base do concurso agora concluído.
Ponta Delgada, 26 de setembro de 2014
Principais características:

- Comprimento 115 metros.

- Porte: 725 tons

- Velocidade 25 nós a 100%.

- 20 Camarotes.

- Estaleiros serão responsáveis por  conceber projecto e construção.

- Valor das construções orçadas em: 85 m€.

- Prazo para entrega dos navios: Operação de 2016.

- Propostas até 70 dias a partir de hoje.

- Capacidade mínima para 650 passageiros e 150 viaturas.

-  Rampa de popa e uma rampa lateral a bombordo 

-  Espaço para adaptação para combustível LMG (tanques de gás líquido). 

quinta-feira, 25 de Setembro de 2014

Anulado concurso para os novos ferrys

© Copyrigh imagem: Wartsila 
Montagem: MM Bettencourt.
Imagem meramente ilustrativa.
Segundo avança hoje a, RTP-Açores, no Telejornal, o Concurso Público Internacional para a ‘Conceção e Construção de Dois Navios Ro-Ro de Passageiros para a Região Autónoma dos Açores’, terá sido anulado devido a problemas com a documentação. Amanhã está prevista uma conferência de imprensa da Atlânticoline, onde certamente haverá explicações mais detalhadas.
Artigos relacionados:

"National Geographic Explorer", em Santa Maria






© Copyright fotos: Mário Silva, Santa Maria.
Depois de visitar, as ilhas de, S. Miguel e posteriormente o Faial, de onde chegou procedente, o navio de cruzeiros, "National Geographic Explorer", visitou hoje a ilha de Santa Maria. O navio operado pela   norte-americana, Lindblad Expeditions,  dedica-se a viagens de aventura e exploração.
A reportagem fotográfica é mais uma vez da autoria do Amigo e Colaborador, Mário Silva, Obrigado!
Nome: NATIONAL GEOGRAPHIC EXPLORER.
Tipo de Navio: Navio de Passageiros/Cruzeiro.
IMO: 8019356.
Indicativo: C6WR2.
MMSI: 309336000.
Bandeira: Bahamas.
Porto de Registo: Nassau.
Matricula: 8001438.
Donos e Operadores: Lindblad Expeditions Inc.- Seattle, Washington, EUA.
Classe: Det Norske Veritas.
Ano de Construcao: 1982.
Data de Entrada ao Activo: 03/12/1982.
Estaleiro: Ulstein Hatlo AS- Ulsteinvik, Noruega. Casco#176.
Comprimento Fora a Fora: 112,00 metros.
Comprimento entre Perpendiculares: 97,88 metros.
Boca Maxima: 16,50 metros.
Pontal: 8,84 metros.
Calado: 4,74 metros.
Arqueacao Bruta: 6,471 toneladas.
Arqueacao Liquida: 1,942 toneladas.
Porte Bruto: 1,301 toneladas.
Numero de Conves: 3. Numero de Cabines: 81. Numero de Camas: 154. Numero de Tripulantes: 71.
Potencia de Maquinas: 4,708 kW (6,400 hp), 750,00 rpm. 2 helices CP.
Velocidade de Servico: 17,50 nos.
Numero de Maquinas Auxiliares: 4 de Potencia Desconhecida.
Potencia de Geradores Auxiliares: 1,685 kw.
Numero de Thrusters: 2 de Potencia Desconhecida.
Nomes Anteriores: Midnatsol (1982-2003), Midnatsol II (2003-2005), e Lyngen (2005-2008).
Transformado de Navio de Carga Geral/Passageiros em Navio de Passageiros/Cruzeiro em Julho de 2008.
Pesquisa de dados Paulo Peixoto, Boston EUA 



Kalmar "Super Gloria", bate novo record mundial ao levantar 103,3 tons


A 12 de Setembro de 2014,  reachstacker, "Super Gloria", da Kalmar aceitou o desafio de levantar mais de 100 toneladas em Lidhult, Suécia. O resultado: um novo recorde mundial de 103.3t!
On 12 September 2014, Kalmar's Super Gloria reachstacker took the challenge to lift more than 100 tonnes in Lidhult, Sweden. The result: a new world record of 103.3t!
© Copyright foto: Kalmar, Suécia.

quarta-feira, 24 de Setembro de 2014

"National Geographic Explorer", no porto da Horta





© Copyright fotos: Miguel Nóia, Faial.
O navio de cruzeiros, "National Geographic Explorer", do operador norte-americano, Lindblad Expeditions, visitou hoje a ilha do Faial, tendo chegado procedente de Ponta Delgada. A reportagem fotográfica apresentada é mais uma vez da autoria do Amigo e Colaborador, Miguel Nóia, Obrigado!
Nome: NATIONAL GEOGRAPHIC EXPLORER.
Tipo de Navio: Navio de Passageiros/Cruzeiro.
IMO: 8019356.
Indicativo: C6WR2.
MMSI: 309336000.
Bandeira: Bahamas.
Porto de Registo: Nassau.
Matricula: 8001438.
Donos e Operadores: Lindblad Expeditions Inc.- Seattle, Washington, EUA.
Classe: Det Norske Veritas.
Ano de Construcao: 1982.
Data de Entrada ao Activo: 03/12/1982.
Estaleiro: Ulstein Hatlo AS- Ulsteinvik, Noruega. Casco#176.
Comprimento Fora a Fora: 112,00 metros.
Comprimento entre Perpendiculares: 97,88 metros.
Boca Maxima: 16,50 metros.
Pontal: 8,84 metros.
Calado: 4,74 metros.
Arqueacao Bruta: 6,471 toneladas.
Arqueacao Liquida: 1,942 toneladas.
Porte Bruto: 1,301 toneladas.
Numero de Conves: 3. Numero de Cabines: 81. Numero de Camas: 154. Numero de Tripulantes: 71.
Potencia de Maquinas: 4,708 kW (6,400 hp), 750,00 rpm. 2 helices CP.
Velocidade de Servico: 17,50 nos.
Numero de Maquinas Auxiliares: 4 de Potencia Desconhecida.
Potencia de Geradores Auxiliares: 1,685 kw.
Numero de Thrusters: 2 de Potencia Desconhecida.
Nomes Anteriores: Midnatsol (1982-2003), Midnatsol II (2003-2005), e Lyngen (2005-2008).
Transformado de Navio de Carga Geral/Passageiros em Navio de Passageiros/Cruzeiro em Julho de 2008.
Pesquisa de dados Paulo Peixoto, Boston EUA